Apenas Fazendinha 31/12/12

O réveillon do Recanto Fazendinha foi marcante pela presença de queridos familiares, que combinaram de passar a data aqui no Recanto. Foi uma ocasião festiva e de muita harmonia, durante a qual, meu sobrinho escreveu e leu o texto abaixo, que agora compartilho.
Maria Inês


Apenas Fazendinha 31/12/12


Aqui estamos nós!
Não importa em quantos,
importa sim, QUEM.

Aqueles que resolveram sair de casa se deslocando até aqui, nestes poucos km em terra, puderam descortinar cenários irretocáveis, percebendo as rendadas encostas de suas colinas, pacientemente esculpida pelo gado que aqui pasteja.

Importa quem resolveu e priorizou
Esta convivência,
Esta comunhão de ideias,
Este compartilhar de alegrias.

Inês e Rosano,
Sem medo de errar, vocês são anfitriões por vocação. Um simples caminhar pelas dependências deste recanto confirma esta assertiva.

Nesta nossa curta estada aqui,
Tudo muito agradável,
Tudo com a desconcertante riqueza do simples, marca registrada das minhas principais referencias: Vô Joaquim, Tia Ismênia e meu saudoso Pai.

Lembrando a dupla que eles, o Vô Xavier e o Edu formavam, ficou na minha memória as longas e matreiras conversas entre eles. Os menos avisados frequentemente trocavam olhares cheios de indagação, sem saber ao certo como se posicionar na conversa.

Uma coisa era certa, foram as conversas mais repletas de malícia que presenciei, de fazer inveja a qualquer patrono de academia; malícia que, de tão sutil, se transformava em picardia. Nunca ouvi dessa dupla uma palavra chula.

Aprendi sim, que o respeito vai muito além do ser exigido, deve ser praticado à larga.

Esposa e filhos só eram lembrados nas conversas à mesa, se a plateia fosse de altíssima qualidade; mulher e filhos eram entronizados por eles.

Quando sentados à mesa para almoço ou café, a conversa lhes fluía fácil, solta, natural, destacava a empatia que existia entre eles. Pai e filho, ímpar testemunho de vida a ser buscado por qualquer família.

Um dia, quando o EDU se aposentou,
seus colegas de cartório lhe entregaram uma mensagem que dizia "suas paginas eram de rutilante beleza".
E me pus a pensar,
como dar beleza a uma especificação de condomínio, como emprestar graça e leveza às meras confrontações de imóveis?

Voltei e pedi ajuda ao dicionário que não ofereceu nada mais satisfatório. Foi quando me veio a resposta, a razão está na riqueza de seu coração e na singeleza de seus atos.

Nós aqui presentes, crescemos nesses ambientes e estamos por eles impregnados. E aqui estamos agora, emprestando uma energia diferenciada ao mundo nesta transição anual.

Sairemos daqui enriquecidos pelos valores de cada um, pelo amor que cada um traz consigo.

Respirar este ambiente faz bem a alma, dignifica a pessoa humana, engrandece a vida, nos coloca prontos para viver e cumprir nosso papel em 2013.

"Senhor lhe agradecemos o estar aqui"
Lhe agradecemos termos sido capacitados a Viver ao seu lado

Senhor,
lhe pedimos, conserve em nós essa força de realização, nos mantenha a capacidade de enxergar e corrigir nossos erros, nos anime sempre ao exercício da humildade e da simplicidade;

Que em 2013 possamos viver mais próximos do nosso próximo, para conhecer melhor aqueles que formam o nosso cotidiano e assim nos aproximarmos mais ainda do Senhor.


Antonio Augusto Ferreira Xavier, no Recanto Fazendinha, em 31/12/2012.


Voltar
Pousada Recanto Fazendinha - Estrada Municipal Santa Cruz do Rio Abaixo - Km 7,3 - São Luiz do Paraitinga