Dois brasileiros

Dois brasileiros. Ele, certamente já ouvira falar dela. Era famosa e admirada, entre as celebridades internacionais mais destacadas e importantes. Por onde passava, encantava e deixava mais admiradores. Acredito que, pessoalmente, não se conhecessem. O que tinham em comum? Família boa e amor dos seus. Também aquele jeito de sempre se preocupar com a necessidade dos outros e ajudar as pessoas. Tem gente que é assim, não consegue ser indiferente, quer agir. Deixam sua marca no mundo pela forma com que acham simples serem tão necessários. Suavizam o mundo, deixam nossa trajetória menos árdua, mais tranqüila. O mundo seria muito mais difícil sem eles. São importantes por suas atitudes e pelo exemplo de vida que deixam quando se vão. E os dois, com tanto em comum, se foram em duas tragédias distintas, neste janeiro de 2010. Ele, em São Luiz do Paraitinga, após período de muita chuva, soterrado enquanto trabalhava para remover uma barreira da estrada. Estrada que foi sempre o caminho da sua vida, já que cresceu ali, onde seus pais até hoje vivem. Ela, no Haiti, em terremoto que começou quando propagava sua luta contra a desnutrição e mortalidade infantil. Dra. Zilda Arns e João Roberto Rangel dos Santos morreram como viveram, fazendo o bem. Por isso se identificam tanto e merecem nossa admiração e homenagem. Obrigada, Roberto e Dra. Zilda. Farão falta na terra, mas no céu, a festa é grande.


Maria Inês, em 19/01/2010


Voltar
Pousada Recanto Fazendinha - Estrada Municipal Santa Cruz do Rio Abaixo - Km 7,3 - São Luiz do Paraitinga